quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Memórias da Ruralidade no Campo Branco, um video a não perder

Memórias da Ruralidade no Campo Branco é um excelente trabalho de video produzido pela Jéssica Luz, tendo como palco o Museu da Ruralidade. A não perder.
https://www.youtube.com/watch?v=ePzz8v5-rro

segunda-feira, 19 de setembro de 2016


A memória de uma escola faz-se com o desconhecido. Mas quem tem essa memória nas mãos, somos nós. às vezes sem saber. É assim que vamos construindo a memória da comunidade escolar de Castro Verde.

segunda-feira, 14 de março de 2016

Antecipámos a Primavera

Antecipar a Primavera

Ao longo da tarde de dia 14 de Março, no Núcleo "A Minha Escola", do Museu da Ruralidade, realizou-se uma tarde de muitas brincadeiras, risos e correrias de duas turmas do 1º Ciclo do Agrupamento de Escolas de Castro Verde. Plantaram-se alguns sobreiros no exterior do Museu, fizeram-se ninhos de abetarda, de águia, de peneireiro das torres (com ovos de brincar, e tudo), jogou-se à descoberta do nome dos pássaros fotografados por Dinis Cortes e que estão em exposição no pátio do Museu, carregou-se terra, regaram-se as covas das árvores. Um tempo de descoberta, de sujar as mãos, de correr à frente do tempo que se adivinha seco.
Ali à volta, as gentes de Almeirim encheram a tarde e revisitaram o pátio da sua escola, agora museu, cheia de meninos.  

Aqui ficam algumas imagens de uma tarde bonita.













sábado, 12 de março de 2016

No dia 14 de Março vamos antecipar a Primavera. No núcleo "A minha Escola", espaço de construção da memória da comunidade escolar de Castro Verde, realiza-se uma actividade com algumas turmas do 2º ano do ensino básico de Castro Verde em que, para além da plantação de sobreiros, se realizarão actividades de expressão plástica. A iniciativa é do Museu da Ruralidade/Município de Castro Verde e da LPN, com a colaboração do Agrupamento de Escolas.



segunda-feira, 2 de novembro de 2015

A minha Escola - Espaço intergeracional e ponto de encontro da comunidade

A minha Escola assume-se como um espaço de encontro entre várias gerações. Aqui encontramos a memória de uma escola de outros tempos, quer na ambiência que se invoca, quer na representação de vários documentos da comunidade escolar de Castro Verde, quer nas evocações que aqui acontecem através dos manuais escolares ou do material de apoio escolar. Mas "A Minha Escola", é também um espaço de encontro da comunidade de Almeirim e um elemento identitário da comunidade castrense. Talvez por isso, a comunidade de Almeirim começou agora a reunir-se em torno do projecto do presépio da escola. Um projecto a inaugurar a 17 de dezembro e que reflete um trabalho de cooperação entre a equipa do Museu da Ruralidade e as gentes de Almeirim. 
A inauguração será a 17 de dezembro.